Divulgação

Com o baixo estoque de sangue em toda Hemorrede Tocantins, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) convoca a população a doar sangue. Atualmente os estoques encontram-se abaixo do nível esperado. Em 2019 no período de 01 de março a 15 de junho, o Estado alcançou um total de 10.402 candidatos à doação de sangue, em 2020, os números nesse mesmo período chegaram a 7.568, o que significa uma queda de 2.834 candidatos, que corresponde a aproximadamente 30% dos doadores.

A Área de Captação de Doadores do Hemocentro Coordenador de Palmas faz um convite à população: “convidamos toda a população e parceiros para agendarem doações e nos ajudarem a regularizar o estoque, que infelizmente encontra-se em uma situação crítica”, afirmou a responsável pelo setor, Robéria Fernandes.

“Estamos passando por um momento delicado e toda essa situação tem sido refletida em nossos estoques, temos realizado diversas ações para melhorar este cenário e garantir o atendimento das demandas que chegam até o hemocentro. Neste sentido temos buscado reforçar nossas parcerias com empresas e instituições para agendamento de Coletas Programadas com os colaboradores”, destacou Robéria.

A técnica explica ainda, que “estamos entrando em contato com os nossos doadores para agendar horários e esse agendamento tem proporcionado segurança aos candidatos à doação, mas é muito importante que a população se sensibilize e procure uma das unidades do hemocentro, pois mesmos com nossas ações ainda estamos com os nossos estoques abaixo do esperado para o período”, concluiu Robéria Fernandes.

Doador

Para ser um doador de sangue, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 quilos, ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas, estar bem alimentado e apresentar documento original com foto recente.

Impedimentos

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), os fatores que impedem temporariamente a doação são: resfriado, gravidez, parto recente (90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana), amamentação, ingestão de bebidas alcoólicas durante as 12 horas antes da doação, tatuagem feita nos últimos 12 meses, situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, febre amarela recente, vacina para febre amarela e viagens para países com risco de doenças transmissíveis.

Quanto aos impedimentos definitivos para a doação são: Hepatite após os 11 anos de idade, uso de drogas injetáveis, evidência clínica ou laboratorial de doenças transmissíveis pelo sangue, como hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV 1 e 2, doença de Chagas e Malária.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui