Divulgação

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um youtuber disparando tiros para intimidar um homem que teria chamado a mãe dele de “macaca”. Foi o próprio jovem, Derick Silvério, conhecido como SilverCop, que publicou o vídeo em que aparece atirando para o alto e contra o portão da casa do homem, depois de confrontá-lo. Nas imagens, o morador também aparece xingando o jovem e reforçando a mesma ofensa racista.

De acordo com o youtuber, ele estava conversando com a mãe quando ela disse que um rapaz teria sido grosso com ela na padaria. O jovem percebeu que havia algo de errado, e pressionou a mãe para que ela contasse o que ocorreu. O vídeo foi publicado em 28 de dezembro, mas começou a viralizar ontem (4).

“Ela estava na casa da minha madrinha e foi na padaria. Foi de máscara e tinha um maluco sendo atendido sem máscara. Ela foi brincar com ele, não foi grossa com o cara, nunca ia ser ignorante com alguém que não conhece. Falou algo tipo ‘Olha a máscara aí, hein?’. Só que o maluco foi grosso com ela, terminou de ser atendido e quando saiu resmungou para dentro, para ela ouvir, ‘macaca filha da puta’”, conta o rapaz no vídeo.

Em outro trecho, o youtuber aparece em um carro e chama a mãe, para que ela repita o que ocorre. “Deixa quieto, não foi nada de mais”, diz a mãe. Quando o jovem insiste, ela explica: “Me chamou de macaca na hora de sair”. “Você sabe que não ficar assim, né?”, responde o jovem.

Confronto

Ainda no vídeo publicado pelo youtuber, ele aparece no portão da casa do homem que teria ofendido a mãe, um dia depois de gravar o trecho com ela. Derick Silvério chama o homem para fora de casa, e pede para “trocar uma ideia”. O youtuber borrou o rosto e distorceu a voz do homem para não expor a identidade dele no vídeo.

“Você lembra que chamou uma mulher de macaca na padaria?”, pergunta o jovem. “Uma da sua cor, aquela macaca, chamei mesmo. É igual você rapaz, mesma laia, mesma espécie. Sujeitinho de bosta”, responde o homem, que ainda chama o youtuber de “filho da p***”.

O jovem, depois de pedir que o homem fosse até a parte de fora da casa, dispara um tiro para o alto, que o faz correr para dentro. Silvério ainda dá outro tiro em direção ao portão da casa, e xinga o homem. “Vou te encontrar ainda, seu vacilão do c****”, completa o youtuber.

Procurada pelo BHAZ, a Polícia Civil do Paraná afirmou que não foi acionada e que não foram feitas denúncias formais a respeito do caso. Com a repercussão do vídeo, a corporação garantiu que vai apurar os fatos. O BHAZ também tentou contato com o youtuber, mas não obteve sucesso.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui